Oficina Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!

Oficina SafeWeb – Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!

Na passada quinta-feira (8 de abril de 2021), participei, como convidado, numa oficina organizada no âmbito do projeto SafeWeb* e intitulada “Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!”.

O objetivo desta oficina era, essencialmente, dar a conhecer aos encarregados de educação dos participantes do projeto SafeWeb algumas das tecnologias emergentes e os possíveis impactos destas na sociedade. Partindo com esse objetivo, comecei por mostrar que muitas das tecnologias que surgem nos filmes e livros de ficção científica foram já inventadas (mesmo algumas das mais surpreendentes). Na segunda parte da oficina abordei algumas das tecnologias emergentes, mas com uma perspetiva de como é que estas nos poderão a viajar até ao passado e a projetar o futuro com exatidão.

Continuar a ler Oficina Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!

“Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!”

No âmbito do projeto SafeWeb, dinamizado pela Probranca Ipss com apoio financeiro da Fundação “la Caixa”, irei dinamizar uma oficina sob a temática “Tecnologias Emergentes – Preparem-se pais!”.

Nesta oficina irei abordar um conjunto de tecnologias emergentes que poderão contribuir para uma alteração das “realidades” ou até (porque não?) viajar no tempo.

Para os interessados, podem assistir no Facebook, onde será transmitido em direto. Deixo aqui o endereço do evento: https://www.facebook.com/events/446747753325622/?active_tab=discussion

Até lá!

Encontro Cultura Digital e Educação na década de 20

Companheiros/as de viagem,

Nos dias 14 e 15 de maio próximo, vai-se realizar o encontro Cultura Digital e Educação na década de 20, para o qual tive o honroso gosto de ser convidado a integrar a Comissão Científica.

Este evento, que decorrerá totalmente online, é organizado por diversas instituições de Portugal e do Brasil, sendo elas:
• ESE do Instituto Politécnico de Setúbal;
• CCTIC da ESE do Instituto Politécnico de Setúbal;
• Universidade Federal de Mato Grosso do Sul;
• Universidade Católica Dom Bosco;
• E Grupo de Pesquisas e Estudos em Tecnologia Educacional e Educação a Distância – GETED.

As submissões estão abertas até ao dia 3 de abril, sendo os eixos temáticos:
• A cidadania digital;
• Políticas Públicas para Educação no enfrentamento da COVID-19;
• Formação em tempos de Pandemia;
• Práticas educativas em tempos de Pandemia.

Saliento que todos os trabalhos aceites para apresentação no Encontro serão publicados no livro de atas/anais, em formato digital. Alguns dos trabalhos poderão ser propostos para publicação, em versões estendidas, numa das revistas Medi@ções e Edutec, de acordo com as normas das respetivas revistas.

Toda a informação relativa ao evento está disponível em CDE 20 – Online, dias 14 e 15 de maio de 2021 (ips.pt)

Boa produção científica!

Câmara Aberta na RCF

Painel do Câmara Aberta – Filipe T. Moreira, Alferes Pereira e Paulo Sérgio Gonçalves

O ano começou com um novo desafio, o regresso à RCF, rádio onde me estreei como comentador residente em 2013 e onde volto para integrar o painel do “Câmara Aberta” juntamente com o já residente Alferes Pereira e o habitual moderador, Paulo Sérgio Gonçalves.

Neste programa, que passa em direto às sextas-feiras (às 19 horas) e em diferido aos domingos à tarde, todas as semanas, iremos trazer até si o comentário aos principais temas locais e nacionais.

Para ouvir, basta sintonizar em 104.7fm (distrito de Aveiro) ou no website da rádio (https://radioclubedafeira.pt/), pode ainda ver e ouvir na página do Facebook da RCF, onde passa também em direto (https://www.facebook.com/radioclubedafeira104.7/).

O programa desta semana (8 de janeiro) está disponível em ->  https://fb.watch/2UxYlmHLFn/

Até à próxima sexta-feira!

SafeWeb: um projeto piloto em Portugal (apresentação)

SafeWeb: um projeto piloto em Portugal

Apresentação realizada no VIII Seminário Nacional Investigando Práticas de Ensino (SNIPE) e VI Seminário Internacional de Práticas Pedagógicas Inovadoras (SIPPI) (2020)

Apresenta-se o projeto piloto SafeWeb, que está a ser desenvolvido na localidade da Branca (Portugal) e que envolve as instituições PROBRANCA- Associação para o Desenvolvimento Socio-Cultural da Branca, com o apoio do BPI e da Fundação “la Caixa” e o Centro de Competência TIC da Universidade de Aveiro, como entidade avaliadora. Com este piloto, pretende-se desenvolver um guião que possa ser, posteriormente, utilizado por outras instituições para a promoção de literacia e cidadania digital, com forte enfoque no uso da Internet, de forma esclarecida e segura, por parte de crianças e jovens (dos 6 aos 15 anos de idade). Conscientes de que os encarregados de educação são parte fundamental na formação das crianças e jovens, o projeto comtempla-os, também, através de palestras direcionadas. Como resultados até ao momento, criou-se a primeira versão do guião.

Disponível aqui.

Academias Digitais para Pais – o que são?

Conforme se pode ler no site da Direção-Geral da Educação[1] (DGE), o Programa Academia Digital para Pais é uma iniciativa da EDP Distribuição – Energia, S.A. em parceria com a DGE, que visa dar a possibilidade aos pais/encarregados de educação, de crianças do 1º e 2º ciclos, de Escolas que integram o Programa Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), de frequentar ações de formação promotoras de competências digitais. Com este programa, pretende-se dotar as famílias de competências digitais básicas que facilitem o acompanhamento escolar dos filhos e ainda lhes facultem ferramentas de integração, essenciais na sociedade atual. Pretende-se, ainda, combater as assimetrias socioeconómicas existentes, na iminência de virem a ocorrer situações de contingência que obriguem à suspensão das atividades letivas, em regime presencial.

Ou seja, contrariamente ao veiculado em alguma comunicação social e amplamente disseminado por diversos blogues, este Programa não visa ajudar os pais a ajudar os alunos a fazer os trabalhos de casa. O objetivo é capacitar os pais/encarregados de educação para a utilização de ferramentas digitais (como por exemplo email, browsers, etc…) promovendo assim a inclusão digital.

Acho por isso muito estranho que colegas se tenham deixado levar pelo fervor do momento, ou talvez pela ânsia de terem muitas visualizações nas suas publicações, e tenham por isso ignorado a fonte original da notícia, o site da DGE. Não nos podemos esquecer da fundamentalidade do Pensamento Crítico na vida e ação docente.

Continuar a ler Academias Digitais para Pais – o que são?

Participação no SNIPE/SIPPI

Nos próximos dias 24 e 25 vou participar no VIII Seminário Nacional Investigando Práticas de Ensino (SNIPE)/VI Seminário Internacional de Práticas Pedagógicas Inovadoras (SIPPI) organizados pelo Sistema Positivo de Ensino (SPE) – https://seminariosnipe.com.br/.

Este ano estarei presente com uma apresentação de um artigo curto intitulado SAFEWEB: um Projeto Piloto em Portugal.

Continuar a ler Participação no SNIPE/SIPPI

Workshop de Programação Tangível

A Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro associa-se à celebração da Semana Europeia da Robótica com um programa de atividades de robótica e programação para todas as idades.

Neste âmbito estarei a dinamizar um workshop de programação tangível no próximo dia 29 (domingo) entre as 10h00 e as 12h30 no espaço Dóing da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro. Neste workshop iremos programar robots de forma tangível.

Público-alvo: maiores de 10 anos
Bilhete: 5€/participante (não é necessária a presença de um adulto acompanhante)
Inscrição obrigatória: 234 427 053 ou fabrica.cienciaviva@ua.pt

Mais informações em https://www.facebook.com/events/998221123991924

Todo o programa em https://www.ua.pt/pt/fabrica/semana-da-robotica?fbclid=IwAR3sbY7sxSgx2TouaeBs0NSkChia8CBbtGWbKgH-QvLV9V6Zx7CP5enUAYA

Para terminar a CodeWeek – um jogo novo

A Semana Europeia do Códido (#CodeWeek) – 10 a 25 de outubro – está quase a terminar. Para celebrar, esta sexta-feira, na Academia de Código, Robótica e Gaming da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro estivemos a programar em Scratch o jogo Crazy Cat. Neste jogo, a personagem principal é controlada através dos movimentos do jogador que são detetados pela webcam do computador, conforme podem ver no vídeo abaixo.

Para experimentarem o jogo basta seguir este link: https://scratch.mit.edu/projects/440422958. (Possivelmente, terão de dar permissão para que o site aceda à webcam do vosso dispositivo)

Link de acesso à publicação da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro: https://www.facebook.com/fabricacienciaviva/videos/379381366745287