Pensamento Computacional – II Jornadas Lamego Educa

Os slides que usei ontem nas II Jornadas Lamego Educa como suporte à reflexão sobre o Pensamento Computacional.

Uma vez mais, parabéns a toda a organização e pelas temática selecionadas.

Continuar a ler Pensamento Computacional – II Jornadas Lamego Educa

Novo artigo em revista

Foi hoje publicado o mais recente volume da Medi@ções revista online da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal que tem como diretora Ana Luísa Oliveira Pires.

Este volume foi subordinado ao tema “Pensamento Computacional, Programação e Robótica na aprendizagem”, tendo o editorial ficado sob responsabilidade de João Vítor Torres e Miguel Figueiredo. No total, além do editorial, engloba seis artigos relacionados com a temática central, mais dois relacionados com desporto.

Sou o primeiro autor de um dos artigos, cuja autoria partilho com Isabel Cabrita, Maria José Loureiro e Cecília Guerra. Neste artigo intitulado “Programação tangível e a promoção do Pensamento Computacional: propostas didáticas desenvolvidas no projeto TangIn” apresentámos o projeto TangIn, no âmbito do qual foi desenvolvida uma toolbox para apoiar a programação tangível em contexto educativo e apresentámos ainda propostas didáticas para a promoção do pensamento computacional através da abordagem STEM criadas no âmbito desse projeto.

Continuar a ler Novo artigo em revista

Novo livro sobre tecnologias para a educação

Neste final de ano surgiu uma bela surpresa, a publicação, pela Editora da Universidade Federal do Maranhão, do livro eletrónico “Formação no Contexto do Pensamento Computacional, da Robótica e da Inteligência Artificial”, cuja organização ficou a cargo de João Batista Bottentuit Junior, João Manuel Nunes Piedade, Luana Priscila Wunsch e Luciano Frontino de Medeiros.

Pode ler-se na apresentação deste livro luso-brasileiro que os sete capítulos que o compõem foram escritos a partir de diferentes experiências práticas e de pesquisa dos seus autores. Estes capítulos levam-nos a um maior entendimento histórico e a uma reflexão aprofundada sobre as necessidades e possibilidades do uso das tecnologias na educação, mais especificamente da robótica como instrumento de ensino e aprender sobre os variados temas do currículo escolar, mas também sobre as oportunidades e desafios que a Inteligência Artificial trará para a educação.

Continuar a ler Novo livro sobre tecnologias para a educação

Para terminar a CodeWeek – um jogo novo

A Semana Europeia do Códido (#CodeWeek) – 10 a 25 de outubro – está quase a terminar. Para celebrar, esta sexta-feira, na Academia de Código, Robótica e Gaming da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro estivemos a programar em Scratch o jogo Crazy Cat. Neste jogo, a personagem principal é controlada através dos movimentos do jogador que são detetados pela webcam do computador, conforme podem ver no vídeo abaixo.

Para experimentarem o jogo basta seguir este link: https://scratch.mit.edu/projects/440422958. (Possivelmente, terão de dar permissão para que o site aceda à webcam do vosso dispositivo)

Link de acesso à publicação da Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro: https://www.facebook.com/fabricacienciaviva/videos/379381366745287

A Code Week 2020 está aí…

A 7ª Semana Europeia do Código (CodeWeek) está a chegar. Este ano a iniciativa decorrerá ao longo de mais de duas semanas, mais precisamente de 10 a 25 de outubro. Porém o seu início é assinalado em forma de webinar já no dia 8 e vai contar com a participação de alguns dos maiores especialistas na matéria (pode consultar aqui https://codeweek.eu/featured-activities). A iniciativa, à semelhança dos anos anteriores, é promovida por diversas entidades europeias, das quais se destaca a Comissão Europeia.

Esta iniciativa visa celebrar a criatividade e desmistificar questões relacionadas com a programação, de forma a dar a conhecer, cativar e trazer mais crianças, jovens e adultos para este “mundo”. Além disso, não se pode ignorar que o mercado de trabalho está ainda a necessitar de programadores e de se estimar que a procura continue nos próximos anos. Daí que tenha havido, desde o início, o envolvimento de muitas organizações, o que tem feito desta iniciativa um sucesso, de tal forma que atividades, como a da Semana Europeia do Código, têm sido promovidas por todo o mundo, aliás o mapa das atividades inscritas para a “CodeWeek” ultrapassa, e muito, as fronteiras da Europa.

Portugal não tem ficado de fora desta iniciativa e à semelhança do resto da Europa tem registado vários eventos dos os anos, tendo o recorde sido alcançado em 2019 com mais de 700 eventos em todo o país. Para este ano estão já registados mais de uma centena. Qualquer pessoa pode registar a sua atividade na plataforma (em https://codeweek.eu/events). Assim que estiver registada surgirá no mapa. Podem registar qualquer tipo de atividade, podendo ser um workshop, aula aberta, formação contínua, etc…desde que tenha como temática a programação.

Continuar a ler A Code Week 2020 está aí…

Três aplicações para iniciar o seu filho na programação

Nos últimos anos, o saber programar tem sido indicado como uma competência essencial para o século XXI, facto que tem originado várias iniciativas, sendo umas de carácter regional, outras de caráter nacional e há até de caráter internacional como a “Hora do Código” ou a Semana Europeia do Código. Todavia, quando se trata de iniciar os nossos filhos neste mundo da programação a escolha sobre que ferramentas usar pode ser complicada, principalmente pela quantidade e qualidade da oferta que é muito variável.

Esta tarefa de selecionar o recurso para ajudar os nossos filhos a se familiarizarem com a programação de computadores e robôs torna-se ainda mais complexa se não estivermos minimamente por dentro do mundo da computação. Se for o seu caso, é possível que lhe surjam algumas questões como:

O que ensinar?

Por onde começar?

Com que idade começar?

Se a estas dúvidas acrescentarmos o facto, já referido, de existirem centenas de sites, aplicações e outros recursos disponíveis no mercado, podemo-nos deparar com mais um problema que é vermo-nos a ser arrastados para uma pesquisa interminável e a incapacidade de escolher o melhor recurso didático.

Neste artigo, não lhe darei todas as respostas, mas expor-lhe-ei três aplicações de enorme sucesso, que ajudarão o seu filho a conhecer e a iniciar-se neste enorme mundo da programação.

Continuar a ler Três aplicações para iniciar o seu filho na programação

Uma boa surpresa com o robô Ozobot Evo

(Este texto foi publicado originalmente no blogue do Centro da Criança em dezembro de 2019. Está disponível em: https://www.centrodacrianca.pt/post/robo-ozobot-evo)

Quem se move nas lides da iniciação à programação e robótica nos primeiros anos de escolaridade, certamente já se cruzou em algum momento, com os robôs Ozobot, fabricados pela norte-americana Evollve. Se está a entrar no mundo da iniciação à programação, então este artigo é para si.

A característica que rapidamente sobressai é o tamanho do corpo do robô. O seu diâmetro é pouco maior do que uma moeda de dois euros. No entanto, não se deixem enganar pelas reduzidas dimensões. O tamanho é compensado em horas de diversão.

Continuar a ler Uma boa surpresa com o robô Ozobot Evo